Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/03/21 às 17h08 - Atualizado em 12/04/21 às 12h14

SEAC participa de reunião com entidades de assistência social em Ceilândia

COMPARTILHAR

As Secretarias de Estado e Administração conversaram com CRAS, CREAS e Conselho Tutelar de Ceilândia.

 

 

 

Nesta quarta-feira (31), a Secretaria de Estado de Atendimento à Comunidade (SEAC) esteve na sede da Administração Regional de Ceilândia para ouvir as entidades de assistência social da região administrativa. A iniciativa teve como objetivo fortalecer e integrar as instituições além de aprimorar a oferta de serviços sociais na região. 

 

Participaram da reunião de trabalho: o Secretário de Estado de Atendimento à Comunidade, Severino Cajazeiras, a Secretaria Adjunta de Desenvolvimento Social do Distrito Federal, Ana Paula Soares Marra, o Administrador da cidade, Marcelo Piauí, além de representantes do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e do Conselho Tutelar de Ceilândia.

 

Durante o encontro, foi discutida a importância das instituições na maior cidade do DF, além do papel das entidades na oferta de serviços e assistência social à comunidade de Ceilândia. Também foi levantada a questão de os órgãos estarem integrados e preparados para ofertar um atendimento de qualidade para à população, principalmente devido à pandemia.

Para o secretário Severino Cajazeiras, ouvir as entidades é fundamental para trazer soluções à comunidade de Ceilândia.

 

“Estamos juntos aqui com a Administração Regional e a Secretaria de Desenvolvimento Social para traçar um planejamento de ações visando o atendimento das demandas da região”, reforçou o secretário de Estado.

 

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, ressaltou que o diálogo e interação direta com as instituições sociais da cidade é fundamental para garantir atendimento às necessidades básicas dos indivíduos e famílias vulnerabilizadas pela pobreza e pela exclusão social. “Durante essa pandemia estamos trabalhando arduamente para atender a quem mais precisa!

Estamos em constante conversa com diversos órgãos do GDF para atender a demanda da população de Ceilândia com programas e projetos voltados a famílias em vulnerabilidade social e acolhimento a pessoas em situação de rua”, enfatiza Marcelo Piauí.

 

 

 

*Com informações da Administração de Ceilândia

Leia também...