Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/06/21 às 17h40 - Atualizado em 9/06/21 às 17h41

Projeto da Universidade de Brasília contribui com as ações de controle de Covid-19 e outras doenças

COMPARTILHAR

Na manhã desta quarta-feira (9), os pesquisadores do grupo de pesquisa ZARICS (sigla americana que significa estudos de infecções por zika, arbovírus e outros) da Universidade de Brasília (UnB) Dr. Wildo Navegantes de Araújo e Dra. Raíssa Nogueira de Brito foram ao gabinete da Secretaria de Estado de Atendimento à Comunidade do Distrito Federal para explicar ao secretário da pasta, Severino Cajazeiras, como o projeto funciona e como a comunidade pode participar da atividade caso sua casa seja sorteada para coleta de informações.

 

Atualmente, a pesquisa sobre infecções virais emergentes e cobertura vacinal no Distrito Federal é feita na Cidade Estrutural e acontece da seguinte forma: o cidadão responde o questionário e depois faz testes. O objetivo desse monitoramento é estudar o comportamento de vírus na população para elaboração e planejamento de ações de controle de doenças como Covid-19, Dengue, Zika, Chikungunya e sarampo.

 

Em folheto explicativo, a equipe do projeto ZARICS destaca como identificar seus pesquisadores que trabalham devidamente uniformizados e com um crachá, onde constam as logos dos realizadores dos estudos que são UnB, SUS, NMT e EBSERH, e a ajuda do Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF).

Leia também...